Categoria: Crítica

Neoliberalismo: Totalitarismo e Democracia

Por Jorge Alemán, traduzido por Maria Caroline C. Gomes Durante o século XX aconteceu uma experiência inédita que mostrou e deixou definitivamente claro um aspecto que ligava a organização coletiva com o terror, o chamado totalitarismo. Além das diferentes análises que tentaram interpretá-lo em sua verdadeira essência, quase todos concordam que essa formação histórica, admitindo

Leia mais »

Como ler o inconsciente sem dominar o acontecimento? Um ensinamento de Althusser para a análise do discurso lacaniana

Por David Pavón-Cuéllar, traduzido por Reginaldo Gomes. A utilidade da psicanálise para a revolução, como já apontava Lacan na época, reside precisamente em manter aberto o círculo revolucionário. Tal abertura deve ser um propósito central da análise lacaniana do discurso em pesquisas que aspiram a ser intervenções políticas voltadas à mudança radical da sociedade. Nessas

Leia mais »

Cadetes sobre a questão da Ucrânia

Por Vladimir Lenin, traduzido por Victor Hugo Arona, via Marxists.org, originalmente publicado no jornal Rabochaya Pravda, n. 3, em 16 de julho de 1913.  Lenin tece uma breve crítica aos Cadetes (Partido Democrata-Constitucionalista) e, mais especificamente, às declarações separatistas de Mikhail Mogilyansky no jornal Rech. Então, pontua elementos importantes sobre a posição dos marxistas frente

Leia mais »

Breve introdução ao livro realismo capitalista de Fisher

Andre Po Sheng Yu[1] O presente texto busca apresentar aos leitores e leitoras de maneira introdutória o livro do escritor crítico Mark Fisher, obra de 2009 e que foi publicada pela editora Autonomia Literária no ano de 2020 no Brasil. A obra provoca a reflexão sobre os sentimentos de impotência e desesperança por um mundo

Leia mais »

Politizar a pulsão de morte

Por Marcus Vinicius Neto Silva Articulando “Mal-estar na cultura”, texto freudiano de 1930, com “Realismo capitalista”, de Fisher (2020), tentamos levantar algumas hipóteses sobre como o trabalho dos psicanalistas pode atuar no sentido de atacar a estrutura do sistema capitalista ao invés de tratar apenas os sujeitos e seus sofrimentos.

Leia mais »

O status e dominação social: móveis

Por José Neto Os móveis não são apenas elementos para decoração ou, se falarmos especificamente, elementos para enquadrar o espaço; eles são também formas de imposição social e reprodução de valores. Essa imposição é feita tanto pela estética quanto pela representatividade dada a eles, mostrando que a montagem espacial de um ambiente não foge às

Leia mais »

Uma perspectiva radical da desalienação dos corpos

Por A. Moraes, via Medium A partir de indicadores sociais, podemos notar o papel central das relações de dominação patriarcal e colonial na fundação da sociedade brasileira. A necessidade de superar a estrutura legada por elas nos leva a investigar suas origens e mecanismos de alienação, de modo a conduzir de forma acertada e eficaz

Leia mais »

A ideologia e o direito: o papel do direito nas relações capitalistas

Por Rodrigo Santos Guimarães[1] O presente artigo tem como objetivo discorrer acerca do papel ideológico do direito, utilizando como base o trabalho do filósofo Louis Althusser, apontando as  principais características da teoria do filósofo argelino acerca da ideologia e funcionamento dentro da sociedade capitalista e como o mesmo legitima a dominação de classes. Também é

Leia mais »