Economia Política para trabalhadores, por Sofia Manzano

R$45,00

Agora republicado em nova edição pelo Instituto Caio Padro (ICP), oferece aos leitores e leitoras uma qualificada introdução ao estudo da crítica da Economia Política desenvolvida por Marx (e também por Engels) especialmente ao longo da segunda metade do século XIX. Livro que, mesmo tendo seu eixo voltado para uma primeira intelecção desta complexa problemática, oferece um conjunto amplo de algumas das principais formulações presentes em O capital, obra que se constituiu na mais monumental dentre todas as críticas que até hoje foram feitas ao capitalismo (e de modo ainda mais abrangente, ao sistema do capital). As questões do trabalho, valor, dinheiro, capital, lucro, mais valia, propriedade privada, meios de produção, concentração/centralização do capital, estes e outros elementos analíticos fundamentais da crítica marxiana aparecem nos cinco capítulos de Economia Política para trabalhadores.

Descrição

Agora republicado em nova edição pelo Instituto Caio Padro (ICP), oferece aos leitores e leitoras uma qualificada introdução ao estudo da crítica da Economia Política desenvolvida por Marx (e também por Engels) especialmente ao longo da segunda metade do século XIX. Livro que, mesmo tendo seu eixo voltado para uma primeira intelecção desta complexa problemática, oferece um conjunto amplo de algumas das principais formulações presentes em O capital, obra que se constituiu na mais monumental dentre todas as críticas que até hoje foram feitas ao capitalismo (e de modo ainda mais abrangente, ao sistema do capital). As questões do trabalho, valor, dinheiro, capital, lucro, mais valia, propriedade privada, meios de produção, concentração/centralização do capital, estes e outros elementos analíticos fundamentais da crítica marxiana aparecem nos cinco capítulos de Economia Política para trabalhadores.

Informação adicional

Peso 0.420 kg
Dimensões 14 × 21 × 2 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Economia Política para trabalhadores, por Sofia Manzano”