Etiqueta: Psicanalise

Como ler o inconsciente sem dominar o acontecimento? Um ensinamento de Althusser para a análise do discurso lacaniana

Por David Pavón-Cuéllar, traduzido por Reginaldo Gomes. A utilidade da psicanálise para a revolução, como já apontava Lacan na época, reside precisamente em manter aberto o círculo revolucionário. Tal abertura deve ser um propósito central da análise lacaniana do discurso em pesquisas que aspiram a ser intervenções políticas voltadas à mudança radical da sociedade. Nessas

Leia mais »

Politizar a pulsão de morte

Por Marcus Vinicius Neto Silva Articulando “Mal-estar na cultura”, texto freudiano de 1930, com “Realismo capitalista”, de Fisher (2020), tentamos levantar algumas hipóteses sobre como o trabalho dos psicanalistas pode atuar no sentido de atacar a estrutura do sistema capitalista ao invés de tratar apenas os sujeitos e seus sofrimentos.

Leia mais »

A herança política da psicanálise

Por Bénédicte Vidaillet*, via Cairn com traduzido por Maria Betânia F. Champagne e revisado por Wael de Oliveira Resenha do livro A herança política da psicanálise: por uma clínica do real, escrito por Florent Gabarron-Garcia.

Leia mais »

O caráter classista da formação em psicanálise

Por Heribaldo Maia Nas últimas semanas, graças ao texto “Democratizar a psicanálise” de Érico Andrade, que saiu na Folha[1], houve um grande debate sobre a necessidade da democratização da formação em psicanálise. O que se seguiu, para a surpresa de uns, outros e, inclusive, minha, foram reações cheias de ad hominem e carteiradas, típicas de

Leia mais »

A querela da formação analítica na década de 2020: a psicanálise como aberração no Brasil da normalidade absurda

Por Rodrigo Alencar, via medium.com Em 1919, quando a Europa se via diante dos destroços da guerra, a República Soviética Húngara se apresentou como uma possibilidade para expansão da psicanálise. A apresentação transcrita como “caminhos da terapia psicanalítica[1]”, feita por Freud, vinha justamente flertar com a ascensão da Revolução Soviética, ao mesmo tempo que marcava

Leia mais »

Uma precarização psíquica de magnitude quase inconcebível – Escritos a partir de K-punk de Mark Fisher

 Por Emiliano Exposto[1][2],via Cajanegra Editora, traduzido por Reginaldo Gomes A infraestrutura desejante do capital estimula forças psíquicas sinistras que ele descarta porque não pode controlar. Os poderes surreais e aterradores do inconsciente são desencadeados e descartados pela mesma maquinaria libidinal capitalista que a desperta, captura e obstrui. 

Leia mais »

Dramaturgia psicanalítica ou a psicanálise da narrativa

Por Piera Peres Portasio A narrativa portanto funciona como uma análise: ao longo dela olhamos para a maneira como aquele personagem age, reage, pensa, fala, percebe o mundo e se transforma para então compreendermos o que em narrativa chamariam de sua verdadeira natureza, mas que em psicanálise poderíamos chamar de seu inconsciente, a parte de

Leia mais »